Tornando Porto Alegre destino: rastros das iniciativas de ativação turística a partir da literatura para visitantes

Maurício Ragagnin Pimentel, Antonio Carlos Castrogiovanni

Resumo


Parte-se da noção de que o turismo é uma invenção do século XVIII que tem se transformado e ampliado sua presença no mundo, articulando novos locais em um sistema global de destinos. Assim, este texto busca examinar como Porto Alegre, capital do Rio Grande Sul, passa a fazer parte de tal sistema. Como a cidade se torna objeto do 'olhar do turista' (URRY, 2001)? Quais foram as iniciativas dos porto-alegrenses para habilitar seu território a esse tipo de intencionalidade? Para isso utilizou-se como principal fonte de investigação um corpus de 135 documentos da literatura produzida para visitantes, tais como guias de viagem, folhetos, catálogos, matérias de suplementos de turismo em jornais e revistas especializadas e blogs de viagem. Propõe-se uma periodização e caracterização de cinco momentos, ou arranjos, do turismo neste destino ao longo do tempo. Considera-se ainda que o conteúdo designado pelo referente 'Porto Alegre' alterou-se de acordo com a evolução urbana da cidade, assim como o modo em que a função turismo ali se articula e interage com outros impulsos urbanizadores, em um processo com desdobramentos futuros.

Palavras-chave


História do Turismo; Turismo Urbano; Guias de Viagem; Porto Alegre (RS).

Texto completo:

PDF

Referências


ALONSO, J. F.; BANDEIRA, P. S. A "desindustrialização" de Porto Alegre: causas e perspectivas. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 9, n. 1, p. 3-28, 1988. Disponível em: http://revistas.fee.tche.br/index.php/ensaios/article/view/1167/1525 Acesso em 12 abr. 2017.

ANTONESCU, A.; STOCK, M. Une méthodologie pour reconstruire la mondialisation du tourisme. Mondes du Tourisme, v. 9, p. 2-18, 2014. Disponível em: https://tourisme.revues.org/124 Acesso em 12 abr. 2017.

BERQUE, A. Paisagem-Marca, Paisagem-Matriz: Elementos da Problemática para uma Geografia Cultural. In: CORRÊA, R. L.; ROZENDAHL, Z. Paisagem, Tempo e Cultura. Rio de Janeiro: EDUERJ, 1998.

BOYER, M. História do Turismo de Massa. Bauru: EDUSC, 2003.

CLARIMONT, S.; VLÈS, V. Espaces publics touristiques urbains et développement durable : principes d’aménagement, usages et tensions. Une analyse à partir du cas de Barcelone (Espagne). Urbia: les cahiers du développement urbain durable, Lausanne, v. 10, p. 11-28, jun 2010. Disponível em: https://www.unil.ch/files/live/sites/ouvdd/files/shared/URBIA/urbia_10/Clarimont_Vles.pdf Acesso em 15 maio 2017.

COSTA, J. L. Crimes e medo marcam rotina no Morro Santa Tereza, na capital. Zero Hora, Porto Alegre, 19 set. 2015. Disponível em: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/09/crimes-e-medo-marcam-rotina-no-morro-santa-tereza-na-capital-4851307.html Acesso em 15 jun. 2017.

CURRIER, C. W. Lands of the Southern Cross. Washington D.C.: Spanish American Publication Society, 1911.

CUVELIER, P. Anciennes et nouvelles formes de tourisme: une approche socio-économique. Paris: Harmattan, 2010.

DE MATTOS, C. Modernización capitalista y transformación metropolitana em América Latina: cinco tendências constitutivas. In: GERAIGES; ARROYO; SILVEIRA América Latina: cidade campo e turismo. Buenos Aires/ São Paulo: Clacso, 2006.

DE SOUZA, C. F.; MÜLLER, D. M. Porto Alegre e sua evolução urbana. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2007.

DUHAMEL, P. Patrimoine et modernité: double logique de la production et du renouvellemnet des villes touristiques. In: DUHAMEL, P.; KNAFOU, R. Mondes Urbain du Tourisme. Paris: Belin, 2007.

DUHAMEL, P. Le Tourisme: lecture géographique. Paris: La Documentation Française, 2013.

EMBRATUR. ROSENBLATT, M. (Coord.). Roteiro turístico-cultural de Porto Alegre e cidades vizinhas. Rio Grande do Sul: na terra dos gaúchos. Rio de Janeiro: AGGS, 1978.

ÉQUIPE MIT. Tourismes 2: moments de lieux. Paris: Belin, 2005.

ÉQUIPE MIT. Tourisme 3: révolution durable. Paris: Belin, 2011.

FEE. Tabela 1 – Produto Interno Bruto (PIB) total e per capita, estrutura do Valor Adicionado Bruto (VAB) e população dos municípios do Rio Grande do Sul – 2014, 2014. Disponivel em: . Acesso em: 10 maio 2017.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GASTAL, S.; MOESCH, M. M. Turismo e políticas públicas. São Paulo: Aleph, 2007.

GERHMANN, L. Porto Alegre apresenta sua cultura a Buenos Aires. Folha de São Paulo. Ilustrada, São Paulo, 3 mar. 1998. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq03039816.htm Acesso em 04 out. 2017.

GOIDANICH, O. A saga do turismo no Rio Grande do Sul. In: FLORES, H. (. ). Turismo no RS: 50 anos de pioneirismo no Brasil. Porto Alegre: EdiPUCRS, 1992.

HARVEY, D. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

HIRST. A Guide to South America. Nova Iorque: The Macmillan Company, 1915.

IBGE. Regiões de Influência das Cidades 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv40677.pdf acesso em 29 maio 2017.

KNAFOU, R. L'urbain et le tourisme : une construction labourieuse. In: DUHAMEL, P.; KNAFOU, R. Mondes Urbain du Tourisme. Paris: Belin, 2007.

LEOTTA, N. Approcci visuali di turismo urbano. Milão: Hoepli, 2005.

LÖFGREN, O. Storie delle vacanze. Milão: Bruno Mondadori, 2006.

LONELY PLANET. LOUIS, R. (COORD.). Porto Alegre. In:___. South America on a sho-estring, big trips on small budgets. 11a. ed. Singapura: Lonely Plane, 2010. p. 302-304.

LUSSAULT, M. Le tourisme, un genre commun. In: DUHAMEL, P.; KNAFOU, R. Les mondes urbaines du tourisme. Paris: Belin, 2007.

MICHELIN. Une vitrine des progrès sociaux. In: ____. Brésil. Le Guide Vert. Paris: Michelin, 2013. p. 308-313.

PESAVENTO, S. Memória Porto Alegre: espaços e vivências. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 1999.

PIMENTEL, F. Aspectos Gerais de Porto Alegre. Porto Alegre: [s.n.], 1945.

PORTO ALEGRE. Lei Complementar 477 de 12 de maio de 2000. Porto Alegre: SIREL, 2000. Disponível em : http://www2.portoalegre.rs.gov.br/cgi-bin/nph-brs?s1=000023011.DOCN.&l=20&u=%2Fnetahtml%2Fsirel%2Fsimples.html&p=1&r=1&f=G&d=atos&SECT1=TEXT. Acesso em 08 ago. 2017.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Empresa Porto-Alegrense de Turismo S/A. BARBOSA, Luiz Carlos (texto). Porto Alegre pra Turista ver. Capital Nacional do Turismo ABAV 90. Porto Alegre: EPATUR, 1990?.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Escritório Municipal de Turismo. Porto Alegre: guia turístico 2003. Porto Alegre: ESTUR, 2003.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Porto Alegre Turismo. Secretaria Municpal de Indústria e Comércio. Escritório Municipal de Turismo.GASTAL, Susana (texto). Turismo Ecológico. Ecological Tourism. Ilha da Pintada Porto Alegre, RS, Brasil. Porto Alegre: ESTur / Mercociudades, 2000?.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Porto Alegre Turismo. Secretaria Municpal de Indústria e Comércio. Escritório Municipal de Turismo. GASTAL, Susana (texto). Porto Alegre, aromas, sons, texturas, cores e sabores. Porto Alegre, aromas, sonidos. Porto Alegre: ESTur, inverno 2000.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Empresa Porto-Alegrense de Turismo. BARBOSA LESSA, Luiz Carlos (textos). Porto Alegre Terra Gente. 2a. ed. Porto Alegre: EPATUR, 1977.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Empresa Porto-Alegrense de Turismo S/A. Mapa Panorâmico de Porto Alegre. Assumindo a condição de capital do Mercosul. Porto Alegre: EPATUR, 1993-1996?.

PORTO ALEGRE, Prefeitura Municipal. Secretaria Municipal de Tuismo. BALDINO, Angêla (ed.); ZARPELON, Eliana (texto). Turismo/ Tourism Porto Alegre. Porto Alegre: SMTur / Aracruz, 2007.

REVEL, J. Discours. In: REVEL, J. Dictionnaire Foucault. Paris: Ellipses, 2008.

RIO GRANDE DO SUL. Catálogo da Exposição do Centenário Farroupilha. Porto Alegre: STAR, 1935.

SELBY, M. Undestanding urban tourism: image, culture and experience. Nova Iorque: I. B. Tauris, 2004.

SINGER, P. Porto Alegre. In: SINGER, P. Desenvolvimento econômico e evolução urbana. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1968.

SMITH, H. The Naturalist Brazilian Expedition. Paper I - From Rio de Janeiro to Porto Alegre. The American Naturalist, v. 17, abril 1883. ISSN 4. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/2449823 Acesso em 26 jan. 2018.

SMITH, V. Hosts and Guests: the anthropolgy of tourism. Pennsylvania: UPP, 1989.

SPIROU, C. Urban tourism and urban change: cities in a global economy. New York: Routledge, 2011.

TOURING CLUB SEÇÃO PORTO ALEGRE. Guia turístico de Porto Alegre. Porto Alegre: Globo, 1955.

URBAIN, J. D. L'idiot du voyage: histoires du touriste. Paris: Payot, 2002.

URRY, J. O Olhar do Turista. São Paulo: SENAC, 2001.

VIOLIER, P. Tourisme et développement local. Paris: Belin, 2008.




Direitos autorais 2018 Anais Brasileiros de Estudos Turísticos - ABET

Indexadores da Revista ABET:
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Biblioteca da Universidade de Santa Cruz do Sul
Programa de Pós-Graduação Geografia Universidade Brasília
 
 
 
Departamento de Turismo/DepTur, Instituto de Ciências Humanas/ICH, Sala A-II-08, bloco A.
Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
R. José Lourenço Kelmer, Campus Universitário, São Pedro. Juiz de Fora, Minas Gerais (MG) / Brasil. CEP.: 36036-330.
ISSN 2238-2925